quarta-feira, 5 de agosto de 2009

palavras pra quê?...

Hoje de manhã apanhei uma frase solta que se aplicou a quase tudo no meu dia: pá puta que te pariu! Extremamente versátil, nunca foi dita em voz alta. Em qualquer situação, aquela vozinha do fundo da minha cabeça, soltou o pá puta que te pariu, e tudo pareceu mudar para melhor.

No café:
-as merendas que a menina gosta ainda não chegaram… - pá puta que te pariu!

No trabalho:
- bom dia! - pá puta que te pariu!
- desculpe o atraso… - pá puta que te pariu!
- chegue só 2mm para a esquerda… - pá puta que te pariu!
- ai menina, isto ainda demora muito? - pá puta que te pariu!

Ao almoço:
- ai comes tanto!!! - pá puta que te pariu!

À saída do trabalho:
- então até amanhã! - pá puta que te pariu!

No supermercado:
- Ah isso não temos… - pá puta que te pariu!
- são 17euros se faz favor. - pá puta que te pariu!

No telemóvel:
- O seu saldo não lhe permite efectuar a chamada…. - pá puta que te pariu!

Foi sem dúvida o marco do meu dia, que tinha sido igual aos outros não fosse esta pequena pérola lançada por um senhor que, vá-se lá saber porquê, estava aborrecido com a vida e a falar sozinho na rua, logo às 7 horas da manhã. Um grande bem-haja ao senhor mal-disposto!
(Caracois-L)

2 comentários:

David disse...

Acabei de ler os teus posts de agosto todo. Até gostei :) Dito isto e tendo em conta que ninguem os comenta fico a pensar se isto alguma coisa de mal connosco ou se o mundo é que está errado. Ah e visto que estou a comentar um post, "Puta que pariu" para o resto do mundo.

caracois disse...

hey davidolas!
obrigada pa! lol
vai passando e deixando registo!
;)
Laura