quinta-feira, 10 de novembro de 2011

quase que já há uma sondagem a nível nacional por causa desta conversa:

Conversa hoje ao pequeno-almoço, quando um homem com trejeitos femininos se dirigia para o balcão do café:

Amiga boazinha: Já viste se um dia descobrisses que o homem que amavas há anos afinal era gay?
L.: Impossível acontecer comigo.
Amiga boazinha: Oh… porquê?
L.: Porque eu só gosto de homens brutos e maus, e não existe nenhum gay bruto e mau.
Amiga boazinha: Sim, já sei… giro, com barba, moreno, bruto e mau. Tu és doida. Eu gosto é de um homem que tenha uma boa conversa intelectual.
L.: Oh, mas eu também. Desde que seja giro. Adoro quando fico a pensar “para além de giro é culto e inteligente”.
Amiga boazinha: Ah pois… e se fosse feio? Pensavas o quê?
L.: “Foda-se, para além de feio é cromo!”. Qual é a tua dúvida?


Verdade ou não?
Caracóis-L

4 comentários:

Ana FVP disse...

Me: Coitainho do feinho. ao menos deram-lhe inteligência.

MAAAAAAAS...

Há dois tipos de inteligência. A inteligência que cansa (tipo super hiper cromo) ou aquela inteligência social também conhecida por lábia. Lol

Não há nada como um feio com lábia.

caracóis disse...

Ana: tal como não existem gays brutos e maus, o que os impossibilita de serem sexys aos meus olhos, também não existe isso de feio com lábia. Tenho dito.

Paloma disse...

Verdadiiiinha!

caracóis disse...

Amen!