domingo, 11 de julho de 2010

crónicas de uma mulher desorganizada

Amiga: Oh L…. Porque é que tens um par de uma sandália na sala e o outro na casa de banho?

Eu: Olha, o que é que achas? Porque descalcei um pé na sala e o outro na casa da banho!

Esta conversa deu pano para mangas, gozo directo na minha cara durante meses, porque sou desorganizada, porque não consigo ter as coisas arrumadas, porque os homens é que são assim e as mulheres não podem ser…
Hoje quis calçar ‘aquelas’ sandálias, as que ficavam mesmo bem com o que acabei de vestir e não podiam ser mais nenhumas (as mulheres sabem do que falo). Procurei, procurei, procurei. Um par estava debaixo da cama. O outro em cima de uma cadeira na sala. Ainda bem que estava sozinha. Desta vez a distribuição aleatória de sapatos pela casa não tinha resposta pronta. É que eu acho que vive aqui escondido em minha casa um doende viciado em cogumelos mágicos que me desarruma as coisas enquanto eu estou distraída a dormir a sesta. Só que se eu contar isto ninguém acredita.
Caracóis-L

5 comentários:

Tiago disse...

Eu acredito em ti, no meu quarto quem desarruma é um unicórnio que vive na minha gaveta das meias.

caracóis disse...

Ora bem! É que eu até vou arrumando, só que o gajo é mais rápido que eu pá!

Cuca disse...

Eu sou tão desarrumada que não consigo viver comigo própria.

caracóis disse...

Cuca: eh eh gosto tanto de saber que há mais gente como eu! Vou esfregar estes comentários nas trombas da minha mãe!!!!

Daniela disse...

Mas que mal há em ter a sandalia debaixo da mesa da cozinha e a toalha de banho em cima do sofá? Vives bem com o teu doende?? Eu vivo lindamente com o meu!!! Quem se sentir incomodado, conhecer a porta da rua. (sim, é um trauma antigo)