quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Faz frio lá fora...

Faz frio lá fora! O céu está cinzento... Agora não chove.
É Dezembro!
Há algo diferente hoje... Não sei... Foi de repente, mas tudo ficou diferente hoje...
Não sei dizer como começou. Apenas comecei por sentir a tristeza invadir-me. Estupidamente dizemos: "Ah, é do tempo!".
Não, não é do tempo... Ou melhor... é do tempo! Não do clima, mas do Tempo...
Tempo que não volta atrás!
Tempo que dói!
Tempo que gela, que me faz gelar.
Tempo que passa depressa, sem nos apercebermos.
Tempo que infelizmente não volta atrás.
Hoje, olhando á minha volta, vejo o que o tempo me fez.
Estou maior! É verdade, cresci! Estou mais forte... Mas também sei que nunca fui propriamente fraca. Mas hoje... Hoje sinto-me fraca, mais fraca!
Há muito que não me sentia assim... Invadiu-me a saudade... Saudade! (suspiro)
Sim, suspiro! Suspiro por ti... Suspiro pelo passar do tempo. Tempo que não volta atrás!
Fazes-me falta!
Sinto a falta... Hoje mais do que ontem... Porquê?
Não sei... Estou sozinha agora. Talvez por isso.
Perdi-me no pensamento. Perdi-me sozinha na saudade!
É Dezembro!
Está frio lá fora...

(há muito que não me dava para isto)

(Caracois - S)


6 comentários:

caracois disse...

???
saudades do quê, mulher?
tu não me assustes!...
C.-L

caracois disse...

Não te assustes L. É algo mais profundo... que graças a Deus nao percebes! :)

C.-S

caracois disse...

ok ja percebi! (tou com raiva de mim e da minha burrice)
amiga! qq coisa, ja sabes, a M.B.nº2 não é so pros copos. gosto de ti. ******************************************************************************************************************************************************************************************************************
C.L

Seminário09 disse...

Graças a Deus (e infelizmente) nao tive tempo de me assustar *

Oscar Tomé disse...

Xiiiiiiiii, que se passa com a caracolinha mais piquena?
Há alguma paixoneta ou coisa mais seria mal curada...

caracois disse...

Óscar Tomé: Não é paixoneta. Coisa mais séria que não tem cura. Mas aprende-se a viver com isso. ;)

C.-L: eu sei amiga!!! tenho de te fazer uma visita. :) e cm sabes tb gosto de ti. *****

C.-S